Cálculo de consumo de combustível: como fazer?

Com o preço dos combustíveis aumentando constantemente no país, fazer o cálculo de consumo de combustível do seu veículo pode te ajudar a economizar! 

Segundo dados de inflação do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a gasolina ficou 38,29% mais cara nos 10 meses de 2021. O diesel subiu 36,32% no acumulado do ano.

Diante desse cenário, boa parte dos proprietários de veículos com motor Flex (que rodam com etanol ou gasolina) optam pelo combustível mais barato, atualmente, o etanol. 

Entretanto, essa atitude pode não ser a melhor solução, uma vez que o desempenho e rendimento do etanol são menores, levando o motorista de volta aos postos com mais frequência. 

Além disso, calcular o consumo de combustível ajuda a determinar se um fator específico alterou sua média de KM /litro.

Para te auxiliar, preparamos um guia simples e dinâmico de como calcular o gasto de combustível e qual a melhor opção de combustível para o seu carro. Confira! 

Como fazer o cálculo de consumo de combustível? 

O cálculo de consumo de combustível é a melhor alternativa para economizar dinheiro e rodar mais!

O cálculo de consumo de combustível é a melhor alternativa para economizar dinheiro e rodar mais!

A princípio, calcular o consumo de combustível é bem prático, mas demanda um tempo de quem busca realizar o procedimento de forma precisa.

Para te ajudar, preparamos um passo a passo:

Anote a distância percorrida pelo veículo

O primeiro passo é anotar a quilometragem atual do carro para identificar a quantidade percorrida com determinado combustível.

Encha o tanque com um tipo de combustível 

Em seguida, encha o tanque do carro com o combustível que deseja analisar, seja etanol ou gasolina.

O importante aqui é não misturar tipos distintos, inclusive a gasolina comum da gasolina aditivada.

Pé na estrada

Agora, a parte mais simples para os motoristas: dirigir!  É muito importante conduzir o veículo normalmente, como já é feito na sua rotina. 

Isso porque o tipo de condução, os locais que o motorista dirige e até o tempo que passa no trânsito influenciam diretamente no consumo do veículo. 

Por isso, recomendamos fazer o cálculo do combustível nos dias que mais utiliza o seu carro, evitando feriados prolongados ou períodos de férias. 

Reabasteça

Antes do último passo, a nossa indicação é abastecer novamente com o mesmo combustível. 

Dessa forma, é possível realizar uma nova análise principalmente para quem, em um primeiro momento, incluiu dias atípicos e que fogem muito da sua rotina.

Faça as contas

Por fim, vamos fazer as contas para calcular o consumo de combustível. 

A princípio, subtraia a quilometragem atual pela inicial, aquela que anotamos no primeiro passo. 

Em seguida, descubra a quantidade de litros de combustível gasto no período. Para isso, você tem duas alternativas: 

  • uma média do tamanho do tanque, disponível no manual do veículo;
  • ou direto na bomba de combustível ao reabastecer.

Agora, é só dividir os dois valores! O resultado representa a média de KM / Litro, ou seja, a eficiência energética do seu automóvel.

Exemplo do cálculo de gasto de combustível

Só para exemplificar o tutorial que explicamos logo acima, vamos considerar os seguintes pontos: 

  • Durante o período de análise, um carro percorreu 1000 quilômetros na estrada;
  • O motorista encheu o tanque com 50 L de gasolina.

Logo, o consumo do carro na estrada é: 1000KM / 50L = 20 KM  L

Abastecer com etanol ou gasolina?

Apesar de mais barato, o etanol entra em combustão mais rápido e, assim, leva o motorista de volta aos postos com mais frequência

Apesar de mais barato, o etanol entra em combustão mais rápido e, assim, leva o motorista de volta aos postos com mais frequência

Antigamente, existia uma “regra” entre os motoristas que se o preço do etanol fosse 70% da gasolina, então valeria a pena utilizar o primeiro combustível. 

Uma vez que a combustão do etanol é mais rápida, o rendimento em KM / L é menor e, consequentemente, a necessidade de abastecer é maior. 

No entanto, com o avanço das tecnologias automotivas, essa base não é mais válida.

Além disso, o estilo de direção do motorista e a própria localidade onde ele se locomove influenciam no gasto energético do veículo. 

Por exemplo, em cidades com muitos aclives, o consumo de combustível provavelmente será maior do que uma cidade mais plana. 

Da mesma forma, um condutor que passa horas no engarrafamento tem a média do cálculo de consumo de combustível inferior a motoristas de cidades com pouco trânsito.

Ou seja, a melhor alternativa é colocar na ponta do lápis e ver qual opção atende melhor às suas necessidades.

Buscando carros econômicos? Conheça 3 modelos de destaque da Fiat! 

A Automax Fiat te ajuda a conquistar o carro dos seus sonhos!

Além de optar pelos carros econômicos, é muito importante entender as suas necessidades em relação ao veículo que pretende comprar.

Conforme citamos anteriormente, se você pretende utilizar o carro para dirigir em cidades montanhosas, modelos que contam com assistente de partida em rampa são uma ótima opção para garantir mais conforto, economia e praticidade. 

Por isso, anote suas preferências de tamanho, estilo de direção, design, potência e avalie entre os tipos de carros quais aqueles que atendem aos seus critérios.

Converse com um de nossos especialistas pelo WhatsApp e descubra entre nossos veículos novos e seminovos aquele que mais combina com você.

A Automax Fiat é uma das concessionárias Fiat de maior tradição do Brasil, destacando-se pela inovação, excelência de atendimento e busca constante na qualidade interna e externa. Conte com a gente!

 

banner blog da automax