Dicas para trocar de carro sem arrependimentos

Trocar de carro

Chegou a hora de trocar de carro ou fazer a aquisição do seu primeiro veículo? Então, as dicas a seguir são para você. Confira como trocar de carro fazendo a escolha certa, sem arrependimentos. 

 

1 O modelo ideal 

Certamente, o primeiro passo para trocar de carro sem arrependimentos é escolher o modelo ideal para as suas necessidades. Responda algumas perguntas para começar a sua seleção. 

Qual o objetivo de ter um carro? Quais condições ele deve suportar diariamente? O que você prioriza em um automóvel?

Dessa forma, é possível estabelecer o tamanho do carro. Por exemplo, se o objetivo é ter um veículo para as viagens em família, é preciso optar por um modelo maior. Mas, já no caso de um carro de trabalho, para uma pessoa solteira, um compacto é o suficiente. Além disso, vai ponderar aqui se preza pela economia, com um bom desempenho por litro, ou se prefere um carro com muito conforto e luxo. 

Esses questionamentos são o primeiro passo para se chegar no objetivo de trocar de carro com sucesso. 

 

Novo ou seminovo?

Já sabe se o seu veículo será um zero quilômetro ou um seminovo? A primeira opção tem um valor mais elevado, mas conta com a vantagem de ser personalizado e escolhido a dedo por você em cada detalhe. Já no caso de um seminovo, o valor de aquisição é reduzido, mas conta com o fator de já ter sido de outro ou outros donos. 

 

2 Planeje-se financeiramente 

Já o segundo ponto de atenção é a parte objetiva de fazer essa aquisição. Comprar um carro é um investimento alto que requer planejamento financeiro. Dessa forma, é importante ter guardado pelo menos 30% do valor do novo veículo. 

 

Programa de vantagens 

Outra dica legal é procurar o programa de vantagens do seu cartão de crédito. Em alguns casos, os pontos acumulados em compras podem ser convertidos em descontos significativos do valor final do automóvel. Além disso, é possível usar o carro atual como entrada para um novo. 

Depois disso, ainda entram os gastos imediatos após a aquisição, os mensais e os anuais. Entre eles estão o IPVA, DPVAT e Licenciamento. E ainda o emplacamento para casos de zero quilômetro, combustível e manutenção.  

Ou seja, de toda forma, é preciso planejar-se para arcar com os compromissos, o que nos leva a terceira dica. 

 

3 Escolha a forma de pagamento 

Ter uma reserva financeira para entrada é um bom primeiro passo. Mas, e depois? Como o carro será pago? Será financiado? Pago a vista? Ou, sem ter a entrada, vai optar por um consórcio? 

Todas as opções são viáveis e cada uma delas têm as suas próprias vantagens. Tenha em mente que um financiamento ou um consórcio de carro são opções de longo prazo. Assim, avalie a possibilidade de pagar as prestações por alguns anos, optando por aquelas que caibam confortavelmente em seu bolso. 

Já a compra de um carro a vista, tem a vantagem do poder de barganha. Ou seja, tendo o dinheiro em mãos você pode procurar bons descontos. Mas, até ter todo esse valor acumulado pode ser que demore alguns anos. 

Aqui não há resposta certa ou errada em relação a melhor forma de trocar de carro. Depende da sua rotina, poder aquisitivo e estilo. Então, pense cuidadosamente na opção que melhor se adequa à sua realidade e perspectivas futuras. 

 

4 Faça um test drive 

Já ponderou todos os três tópicos anteriores? Então, é hora de fazer um test drive no modelo ideal que elegeu para ser o seu carro dos sonhos. Nisso a Automax também pode te ajudar. 

Mas, se ainda está em dúvida sobre quais as melhores opções para trocar de carro, entre em contato com nossos vendedores. Também podemos te assessorar em todas as etapas dessa escolha para levar para casa o Fiat para você e para a sua família. 

A nossa concessionária é uma das mais premiadas da Fiat e há 40 anos investe em aprimoramento de seus profissionais para melhor atender seus clientes na escolha do Fiat ideal. 

Test drive

 

Veja também: Consórcio de carro vale a pena: prós e contras da modalidade

Ajuda? Chat via WhatsApp