Recall de carros: o que é e qual a sua importância?

Recall de carros

Recall de carros

O Recall de carros acontece quando a própria montadora convoca proprietários de novos modelos vendidos para fazer certos reparos. O motivo é que quando algum problema é identificado, que pode comprometer o desempenho e colocar em risco a segurança dos passageiros do veículo, a empresa se responsabiliza por fazer esses consertos para garantir o bem-estar de quem fez a aquisição confiando no trabalho da marca. 

É preciso pagar pelo recall de carros?

Se você pensa que a manutenção e consertos feitos no recall vão sair do seu bolso, está enganado. A montadora se responsabiliza por todos os gastos dos reparos feitos. Esses reparos podem ser feitos em suas instalações, ou em mecânicas autorizadas que estejam mais perto de você. Dessa forma, é gratuito para o consumidor. 

Como serei comunicado?

Quando a montadora identifica um problema que precisa de um recall de carros, ela precisa entrar em contato com os órgãos competentes, como Procon, Denatran e Ministério da Justiça. Depois disso, é feita uma divulgação nos meios de comunicação de massa, como em canais de televisão abertos e rádios de todo o país. Além disso, a marca faz a própria divulgação em seu site institucional e em suas redes sociais.

Dessa forma, a mensagem de que é necessário fazer o recall de carros de certo modelo e ano chega ao maior número de pessoas. A partir daí, é responsabilidade da marca organizar os agendamentos para que os clientes levem os carros em locais autorizados da montadora para fazer o conserto. 

Posso checar em mais algum outro lugar?

Além de avisos em meios de comunicação e redes sociais, todo tipo de recall de carros que acontece no Brasil é publicizado nos sites Denatran e Ministério da Justiça

Quanto tempo tenho para comparecer?

Não existe um tempo limite para entrar em contato com a marca para fazer o recall. No entanto, vale destacar que, ele é feito para garantir a segurança do proprietário do carro e de seus passageiros. Além disso, não gera nenhum custo adicional para quem fez a aquisição do carro. Então, se algum dia o seu veículo for convocado para um recall, não deixe de comparecer. 

Caso aconteça algum acidente grave, por consequência do defeito identificado pela fábrica como passível de recall, e o mesmo tenha sido amplamente divulgado e mesmo assim o proprietário não compareceu para fazer as devidas manutenções, ambos podem ser penalizados: montadora e proprietário. 

E depois de feito?

Quando comparecer ao recall de carros você deve exigir um comprovante do procedimento e mantê-lo guardado. Dessa forma, quando eventualmente revender o carro, esse documento deve ser passado adiante para o próximo dono.

Leia também: Venda direta: como funciona essa modalidade de compra de carros?

E se eu identificar um problema no meu zero quilômetro?

Após comprar o seu carro, identificou que algo não vai bem com ele? Você deve entrar em contato com a montadora ou concessionária do veículo para que a mesma te oriente a comparecer em uma oficina credenciada pela marca para fazer uma avaliação e emitir um laudo. Depois disso, comprovada a necessidade de recall de carros daquele modelo, a marca se responsabiliza pelos procedimentos de convocação dos veículos. 

O recall não é bom, mas acontece 

O recall de carros é um tipo de transtorno, mas que pode acontecer. O importante é que as marcas, assim que identificam um problema em larga escala que pode comprometer o bem-estar e a segurança da sociedade, se comprometam em saná-lo. 

E você, enquanto proprietário, pode contribuir comparecendo com o carro em autorizadas para garantir o conserto. Dessa forma, montadoras ou concessionárias e motoristas trabalham em conjunto para garantir o pleno funcionamento dos carros em trânsito nas vias no país. 

Ajuda? Chat via WhatsApp